Maior estudo sobre atividades físicas revela ranking global do sedentarismo

Estima-se que mais de 5 milhões de pessoas morrem todos os anos de causas associadas à falta de atividade física – ou seja, por motivos que poderiam ser prevenidos. É um número assustadoramente alto, mas difícil de ser reduzido. Pesquisadores do mundo inteiro buscam, com a ajuda da Ciência, por soluções para este impactante problema de saúde pública – esta, inclusive, é uma das principais áreas de atuação do CEPID OCRC.

Nesse sentido, o maior estudo sobre atividade física já feito no mundo divulgou seus resultados em meados do último ano – e trouxe, a partir de teorias estatísticas e econômicas, ideias interessantes para tentar reverter os altíssimos índices de sedentarismo no mundo.

 

Quer saber mais? Leia a matéria completa no SobrePeso!